Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

  A volta dos irmãos metralhas
  Irmãos Metralhas
  Pronto! Já começaram a se manifestar os manipuladores, ou melhor, os metralhas, ironizando os personagens do desenho de Walt Disney.

Claro que não acredito ser de um consenso politiqueiro, mas acho sim advir de aconchavos isolados. Vimos e assistimos a todo instante e a qualquer nível mil barbaridades. Por que duvidar deste, então!

A declaração dos mineiros após o resultado do jogo entre Cruzeiro e Corinthians, em que esta manipulação pertencia ao eixo Rio-São Paulo, deixou evidente, como é historicamente sabido, o quanto é bom sentir o gostinho do dissabor. Mas, com certeza não será desta vez que Minas declarará guerra à União.

Na verdade até parece bolo de botequim, já está repartido e só leva um pedaço quem pagar, pois naquele boteco não se vende fiado. O que diferencia é o poder de quanto pagar pela fatia. Portanto, não chore o Cruzeiro, que para os mandantes até que foi longe demais. Se dêem por satisfeitos se conseguirem se classificar para a Libertadores.

Quanto aos demais clubes do Brasileirão:  o Botafogo sob o comando do “The book on the table” parece já ter entendido; o São Paulo paga pela sua inesgotável arrogância; o Inter e o Santos que atravessa a síndrome dos pênaltis, já se contentaram com o direito de disputarem a tão almejada Copa das Libertadores no ano que vem.

Nas disputas intermediárias, ou pela classificação para Sul Americana ou para escaparem do descenso, os irmãos metralhas sob as vestes da parcialidade ainda se manifestarão, e com certeza acobertados pelas malas coloridas.

No jogo do Fluminense, um da família bem que tentou segurar o resultado até o fim, mas deu azar.

No final de tudo, estas últimas rodadas do Brasileirão serão um prato cheio para aqueles que gostam de sofrer fortes emoções, tal qual os filmes de suspense, bang bang e corrupção.

Abraços do Gigi
  Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009