Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Bad Boys da Vila
  bad boy da vila belmiro

Parece estar difícil ter o controle dessa molecada. Eles têm que saber honrar o nome que representam e não se exporem de forma infantil e ridícula perante a mídia. Para ela, como tenho me manifestado em diversas vezes, é um prato cheio como dizemos na gíria. Eles, na verdade, vivem disso, pois fofoca é a matéria prima da boa vendagem.

Só vocês, verdadeiros moleques, e porque não, babacas, que não se apercebem disso. Onde estão os educadores, psicólogos, procuradores, empresários, enfim uma gama de interesseiros que sequer estão atentos aos seus deveres e obrigações, e não conscientizam suas “fontes de renda”, do quanto negro poderá ser o futuro deles caso não atentem ao juízo.

 

Esses meninos precisam entender de uma vez por todas que a glória e a fama não serão conquistadas com apenas um título, e que toda essa dinheirama ganha hoje não aceitará nenhum desaforo no dia de amanhã. Muitos do passado já mostraram esta realidade, portanto, que sirvam de exemplo para esse bando de bad boys desvairados.

Entendo perfeitamente o quanto é difícil conter o ímpeto de uma garotada de pouco mais e pouco menos de vinte anos sob um regime de concentração, ainda mais deslumbrados com o momento mágico em que vivem, e também diante de toda essa parafernália tecnológica, que serviu de ferramenta para difundi-los, de forma ridícula, perante a mídia.

Soube que a psicóloga Sonia Roman só se atem aos trabalhos da base. Não nos esqueçamos que já existe um número razoável de atletas que se profissionalizam precocemente, com menos de dezessete anos, alguns inclusive já ingressando no time profissional. O porquê então da necessidade de dar atendimento continuado até mesmo  na categoria  profissional.

Na verdade, nós entendemos de que se tratou de uma molecagem entre eles, mas que não deveria ter vazado de forma alguma. Pelo menos serviu para nos mostrar quem é quem no plantel do Santos F.C.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009