Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Confraria da corneta
  corneteiro

Santos dá sopa para o azar, embora tenha mostrado em campo ser um time tecnicamente superior, acabou não revelando todo o seu poderio no placar, o qual poderia ter sido bem mais amplo. Preciosismo e alguma displicência caracterizaram a atuação de alguns jogadores, traduzindo-se em excessivo desperdício de gols.

Falar hoje do Paulo Henrique Ganso é, como se diz na gíria, chover no molhado, pois não há um periódico sequer que não deita elogios ao futebol que esse menino vem jogando. E eu que cheguei a ver os monstros sagrados do passado como: Antonio Fernandes, Jair da Rosa Pinto, Claudio Cristovão Pinho, Valter Marciano, Didi, Gerson, Rivelino, enfim autênticos meias armadores que possuíam o dom de

 

fazer lançamentos e comandar suas equipes, fico abismado com a sua atuação. Do jeito que ele joga não deixa a mínima saudade desses craques citados. Até muito mais que alguns deles. Demonstra uma maturidade incrível no comando da equipe, tanto que nenhum jogador tem receio de passar a bola, mesmo estando ele bem marcado. Chama para si toda a responsabilidade do jogo com consciência plena de estar fazendo o certo, não desperdiçando quase nenhum lance.

Faço parte de um grupo de amigos e ex-jogadores que poderia chamar de confraria da corneta e sempre escolhemos um ou outro jogador para criar a polêmica da controvérsia (Lalá e Fred que o digam). Um desses escolhidos, e que hoje engolimos a seco pelo futebol que vem jogando, é o lateral Pará. Na verdade, pela disposição e dedicação que vem demonstrando faz com que calemos a boca.

O sentido desta corneta é aquele torcedor que extravasa por paixão e não aquele corneteiro nocivo que tem a intenção de prejudicar este ou aquele dentro do clube.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009