Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   

Curtas e Grossas

   

mega

01 - Pelé poderia dar o troco em Romário que desta feita desmereceu a convocação de Neymar para a seleção de Dunga, esquecendo-se do próprio Pelé, Zico, Edu, Ronaldo, enfim, até dele mesmo, que foram convocados prematuramente.

02 - Mesa redonda da Jovem Pan comandada por Flávio Prado, debate o 'apagar' das luzes do Cirque du Soleil, time da garotada do Santos F.C., devido ter ganho do Monte Azul por apenas 5 x 0.

03 - O jornal britânico The Times, através de sua última pesquisa, não nega que os ingleses são de fato chegados ao whisky, pois conseguiu fazer o absurdo de colocar no topo dos maiores jogadores de futebol do mundo o Diego Maradona, deixando o segundo lugar para Pelé, simplesmente o Atleta do Século.

04 - Com o falecimento de Armando Nogueira, este gigante da nossa mídia esportiva, aumenta a responsabilidade de Milton Neves que já vinha dando seqüência ao arquivo de dois outros magistrais da reminiscência: De Vaney e Thomas Malzoni. para  manter viva a memória do nosso esporte.

05 - Mídia desportiva, descaradamente parcial, julga Neymar como simulador de faltas, provocando com isso a ira de seus marcadores, tanto que na partida contra o Monte Azul tomou três tapas na cara com menos de 10 minutos de jogo. Acabou terminando a partida com 635 faltas recebidas de seus oponentes.

Com respeito ao tópico acima, só ironizando mesmo. Daqui a pouco será vítima daqueles árbitros mal intencionados, como aconteceu com Pelé no início de sua carreira. Tomara que isso não aconteça para podermos nos deliciar com seu futebol romântico e alegre. Para que sirva de exemplo, aconteceu um lance durante a partida em que o beque do Monte Azul, devolveu os tantos dribles por ele tomado, colocando a bola entre as pernas de Neymar, que soube aceitar o belo revide com um sorriso. Assim que deveria ser.

Abraços do Gigi

  Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009