Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Estratégia do obscurantismo
 

Messi (charge cornetafc)

 

Neymar, já! Deve ser a grita geral lá pelas hostes da Catalunha, tendo em vista o modelo Barcelona já ser copiado pelos grandes times europeus, e, portanto, da necessidade de uma nova estrela para dar suporte a Messi.

Acredito  que a posição atual de Neymar e seu papai, já deva estar “amarrada” e engavetada há algum tempo, tanto pelo Santos F.C., quanto pelo Barcelona e o próprio.

Se não, como posso crer na tão anunciada e notória capacidade do nosso presidente, sendo ele um alto executivo do ramo imobiliário de São Paulo, o qual, juntamente com uma equipe de financistas, economistas, etc., etc., deixariam de montar todo esse estratagema.

Os mais leigos e descrentes ainda gritam pelos quatro cantos de que se não negociá-lo até janeiro próximo o Santos F.C. ficará a ver navios, pois o direito federativo passará a ser dele integralmente conforme declaração do papai.

Aliás, que se assim fosse ele ganharia com certeza uma bolada invejável a qualquer desportista por esse mundo afora.

Portanto, não sejamos ingênuos  de não acreditar que as “amarras” foram feitas quando da antecipação do término de seu contrato com o Santos F.C., de 2015 para 2014.

Vejam o quanto é difícil fazer leitura das quatro paredes em que estiveram presentes os verdadeiros interessados.

Pelo acontecido ontem com o time do Barcelona, nada mais lógico que se apresse, ou melhor, se desamarre os finalmentes desta questão, embora Neymar ainda tenha que se adequar ao estilo de jogo do próprio Barcelona, o que levaria algum tempo.

Por essas e outras, é que não duvido que ele cumpra o seu contrato até a Copa do Mundo, mesmo porque, pela ótica de seus gestores, permanecendo até lá, a sua projeção tanto futebolística quanto financeira, será bem mais vantajosa.

Neymar talvez já tenha conhecimento da carência que tem um povo por um ídolo, pois com a morte de Ayrton Sena e o abandono de Guga no tênis, consequentemente, ficando aqui no Brasil ele será paparicado pela mídia até sua ida.

Já venho esbravejando há algum tempo sobre a necessidade do futebol sul-americano copiar o modelo administrativo do futebol europeu já que agora, com o advento dessas copas, possuiremos acomodações à altura através dos bons estádios, e com boa vontade adequaremos  também o nosso calendário ao deles.

Sobre o obscurantismo e a total falta de transparência nas negociações dos atletas, embora tenha sido o carro chefe de campanha, acabo me fazendo uma pergunta: “afinal, para que servem as comissões de controle e fiscalização de um conselho deliberativo?”.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009