Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Final Samsonite
 

Mala preta

Título irônico, mas que exprime bem todo e qualquer final de torneio.

Neste brasileirão as trocas de técnicos atingiram até agora o infame número de 34, provando que esta dança de treinadores está mais arraigada no fato de desequilíbrio do próprio plantel do que na capacidade técnica do seu comandante. Para isso poderia citar inúmeros casos como: Luxemburgo/Flamengo – Dorival/Atlético Mineiro – Renato Gaúcho/Grêmio – Cuca/Cruzeiro, e por aí diante.

Uma simples conclusão é que o time só corresponde à voz de comando se estiver de “barriga cheia”, ou melhor, exemplificando: tente entrar numa jaula de um leão faminto.

Portanto, pré-requisito de um novo integrante nessa troca é a condição de zerar a fome do grupo, o que define de uma vez por todas, mais do estrategista, um maior percentual que a meu ver é o que sempre prevaleceu, o de bom agrupador.

Mas, quanto ao enunciado dessa matéria, acontece quase o mesmo com relação a situação financeira de muitos clubes que, isolados de qualquer ambição na sua classificação, poderão se conchavar no interesse de zerar os seus caixas.

Ainda não me dou por vencido quanto a minha aposta de que o time da “massa” será o campeão deste Brasileiro. Vítima de suas próprias pernas, embora tendo revertido um pretenso favorecimento de início.

André Sanches entre erros e acertos cria situações embaraçosas como a última troca de técnico, dando atendimento a facções extra campo, expondo até mesmo as suas maiores estrelas à fúria da massa.


Abraços do Gigi

  Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009