Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
[[
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Homem borracha
 

neymar-homem borracha

 

Ganhar do Corinthians é sempre bom, roubado então, melhor ainda. Esse é o chavão na boca de todos os santistas, nesta segunda feira. Isto por que, para irritar mais ainda aqueles que são considerados autênticos protagonistas do inusitado, pelo segundo gol sofrido.

Na verdade, tenham tido razão ou não, o que pesa nessa hora são as palavras proferidas após o revés.

Quanto aos lamentos do seu treinador, embora  reconheça todo seu talento como estrategista, haja vista os méritos que creditei quando da conquista da Libertadores, também se deixou levar pelo emocional e acabou falando um bobagem imensa contra as atitudes do jogador Neymar. E, no entanto, no jogo deu um banho de tática no Muricy.

Mas, quem tem Neymar, que na opinião dos “Zés do Contra” é cafajeste, mau caráter e por aí afora, sob a justificativa de suas pretensas simulações, se torna impossível barrá-lo.

Outro absurdo é que tem alguns comentaristas que o acusam de individualista, quando na verdade, se analisarmos os retrospectos dos últimos jogos em que participou, veremos que ele é muito mais serviçal do que  goleador. Quesito este que o faz se destacar dos demais por correr de cabeça erguida com pleno domínio da bola e uma visão de campo extraordinária.

Mesmo por isso, se faz necessário libertá-lo desta tremenda dependência que certamente irá sobrecarregá-lo e poderá trazer conseqüências desagradáveis. É sob esse prisma que a diretoria do Santos F.C. deveria se empenhar ao máximo para contratar jogadores que o aliviem dessa tarefa única.

Indignação! Imaginem se fossem punidos pelos tantos títulos conquistados sob a égide dessa tal de “indignação”.

O acontecido apenas reforça a sua galeria de fatos inusitados, mas para seu conforto, dentre desses pelo menos já recuperaram, mediante o Vaticano, a identidade do seu santo padroeiro – SÃO JORGE.

E quanto ao título desta matéria é sobre o feliz o termo empregado por Juca Kfoury em sua crônica desta segunda feira, na Folha de São Paulo, ao chamá-lo de “homem borracha”, pois é inquebrável.     

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009