Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Chá de camomila
  cha de camomila

Outros tempos... Quem diria, um jogador de defesa valer o que está valendo. Isso me faz lembrar da filosofia aplicada pelos antigos dirigentes de clubes onde diziam que zagueiros deveriam sair das bases, isto porque eram simplesmente marcadores, devido ao sistema de jogo da época que era o 4x2x4.

Contraria, ou melhor, demonstra o que de fato está acontecendo com a sobrepujança do vigor físico em relação à técnica. E, lamentavelmente

 

tornou-se um recurso primordial para muitos treinadores.

Retranca é a palavra chave dos mais acovardados, fazendo com que exista uma inversão de valores como: “melhor ataque é a defesa”.

Na verdade, o futebol brasileiro está perdendo sua característica hegemônica que era o drible, a ginga e o deboche no trato da bola para copiar o modelo europeu nos seus “dois toques” irritantes. Haja vista o futebol apresentado hoje pelo Barcelona, sem menosprezo, é claro, que se excede na troca de passes, mas que acaba definindo o seu placar na habilidade individual desse que é o melhor jogador da atualidade, Messi.

E para comprovar a tese de que hoje prevalece mais o futebol força, foi a participação do Uruguai nesta última Copa América, na qual, usando uma expressão futebolística, solaram de cabeça, comeram grama, bateram até na mãe, mas, foi através da habilidade de um jogador técnico, Forlan, que obtiveram o resultado final.

E na contramão, o mais curioso e que reforça ainda mais o que tenho dito: Lugano foi eleito o jogador do Fair Play. É mole?

Com relação a nossa seleção devemos ter o máximo de paciência, pois a tarefa de preparação do elenco será muito difícil em função de que o país não disputará a classificatória por ser o país sede. Por este aspecto, Mano terá dificuldades em armar um conjunto somente jogando amistosos, e sabemos muito bem o porquê dessa dificuldade, devido ao resguardo das famosas canelas que valem ouro.

Portanto, haja chá de camomila tanto para suportar a interferência da mídia que tirou Robinho da segunda partida da seleção na Copa América, como para toda a torcida brasileira.

Outra torcida que precisará de muito chá também é a do Santos F.C., tendo em vista a péssima campanha no Brasileirão.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009