Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Corinthians, protagonista do inusitado
 

corinthians

 

Por várias vezes venho tentando entender através de ensaios, tratados, crônicas, enfim qualquer estudo sobre a tão intrigante “massa”.

Literalmente, sabemos o quanto é sofrida através de milênios de história. Até mesmo na culinária, para se apurar um bom pastelão – ela apanha.

E tinha que ser com eles, o qual melhor se identifica no seu conceito de sofrimento.

Por se deleitarem com tão pouco, ela se descabela, se enfurece, mas pela paixão, se perpetua na esperança de chegar um dia ao ápice da glória.

Clubes com muito menos expressão até que chegaram bem próximo do maior galardão.

A ânsia é tamanha que interagindo politicamente conseguiram através da FIFA promover um torneio mundial, ou melhor, um “Festival”, como é tradicional no nosso futebol de várzea, para se auto-intitular “Campeão do Mundo”.

Não quero com isso menosprezar essa famigerada massa corintiana, mesmo porque que outro clube qualquer não o invejaria pela sua acalorada torcida.

Mas, tampouco posso ignorar o fato de serem sempre o pivô dos acontecimentos mais extravagantes.

Poderia citar inúmeros casos, no entanto, haja vista o recém acontecido no Brasileirão, aonde vem descendo ladeira abaixo e ninguém o consegue superar.

Portanto, acho que cabe bem a pecha do “protagonista do inusitado”

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009