Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Dou o braço a torcer
 

braço a torcer

 

O treinador Tite está dando um banho nos afamados como Muricy, Felipão e Luxemburgo, que tanto extravasam pelos quatro cantos que falam a mesma linguagem dos jogadores. Mantêm aquele perfil de durões, mas, no entanto, seus comandados se mostram indolentes e não obedecem, e mal conseguem resultados positivos.

Tite deve ter dois tipos distintos de discurso com seu plantel: um todo formal com a imprensa, que por sinal sob um linguajar entojante,  e outro, acredito, no estilo durão, pois é incrível como seus comandados brigam pelo resultado se portando com uma disciplina invejável.

Sinceramente não sou adepto do seu estilo tático, mas do jeito que a carruagem anda, e se por ventura levar o Corinthians às alturas, não resta a menor dúvida de que deverá ser o técnico da Seleção Brasileira em 2014.

Talvez, em nível de seleção a performance possa exigir um estilo “CBF”, do qual não coaduna com seu comportamento. É questão de testá-lo, já que Ricardo Teixeira está fora e  o atual Marin parece ser mais maleável.

Portanto, dou meu braço a torcer e retiro o termo que usei quando da crônica que havia feito na semana passada, no qual o chamei de covarde pelo método empregado.

Tomara a sorte ainda lhe lampeje e os bons ventos o levem ao título máximo, e por isso já o parabenizo.

Abraços do Gigi
Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009