Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Hora crucial e conveniente
 

nervoso e preocupado

 

É neste exato momento em que uma formigação desenfreada, ou melhor exemplificando, aquela “cosquinha danada nas mãos” (sob a ótica da superstição quer dizer dinheiro), acaba atiçando os negociadores no desejo de fazer não um bom negócio, mas, simplesmente, realizá-lo a qualquer custo.

Mil interferências por parte dos “lobos” do mercado começam a agitar os bastidores daqueles clubes que, com um torneio à vista, certamente irão consultá-los e agitar essa tão preciosa mercadoria, que é o jogador de futebol.

Na ânsia de realizar qualquer negócio é que acontecem as precipitações, como no caso do Santos F.C.  que adquiriu, sob o blá, blá blá dos intermediários, Keirrison, Moisés, Possebon e, Deus queira também não aconteça com Victor Hugo (1,65m ???).

No entanto, o que mais me preocupa neste instante, é o fato de estar se formando uma COMITIVA para a cidade de Istambul para negociar a vinda de um jogador de segunda linha, o Elano.

Muitos já sabem da minha diferença com relação a este tipo de jogador que se relaciona na categoria dos “comedores de grama”, serviçais da bola, ou ainda chaveirinho de treinador. Cumpre a sua função tática na obediência cega de seu mandante.

Lembro-me bem quando da última Copa do Mundo, em que suportei a gozação de muitos amigos, pois até gol ele acabou fazendo, e eu apenas respondia com ironia: “pelo visto e pela estranheza algo de ruim irá acontecer ao Brasil”. Afinal, eu estava certo visto à inesperada atuação dele.

Mas, deixemos de lado a minha implicância. Como já havia afirmado em comentários anteriores, o Santos F.C. tem o privilégio, perante os clubes brasileiros, de ser o maior revelador de talentos do nosso futebol. Portanto, dou esse alerta aos senhores de negócios de que em nossa base estão eclodindo, para muito breve, alguns jogadores que poderão muito bem estar preparados para 2011. Caso de Felipe Anderson e Alan Patrick.

Acho que se loucura será feita, que seja com coerência e juízo neste momento.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009