Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   

Ele não existe

   
Smigol

Não pensem que é uma afirmação ateísta. O sujeito a que me refiro, vocês já devem estar imaginando: é ele mesmo, o “Pé Murcho” – Kleber Pereira.  Acredito, já próximo dos meus setentinha, ter visto toda uma gama de atacantes, e até mesmo jogado com muitos deles. Mas, esse Kleber Pereira é algo totalmente inusitado para mim. Tem todas as características para ser um atleta perfeito: boa estatura, boa impulsão para cabeceio, bom desenvolvimento na condução da bola e, até mesmo em determinados momentos, relampejos de quem sabe.

 

E o mais interessante, apesar de todas as suas “patasquices”, ele, mesmo assim, é indispensável pela condição de ser um ponto de referência no ataque. Luxemburgo terá muito trabalho para fazê-lo voltar a ser artilheiro, embora reconheçamos que é um artilheiro de “araque” ou, como afirmei em crônicas anteriores, um artilheiro por acaso e não de fato.

Mesmo assim, ainda boto fé no Luxemburgo  para colocá-lo no seu devido lugar. Muitos devem se perguntar: que lugar será este? Outros, ironicamente responderão: “é na Cochinchina”. Quem sabe ele por lá exista. Ah! Não se esqueçam que, ainda por cima, ele ganha um caminhão de dinheiro.

E esse Felipe Azevedo, de que planeta ele veio? No mínimo, é daqueles que devem barbarizar nos treinos.

Bem, meu caro “Xou o Dono”, bola alçada na área, ou para melhor entendimento, o chamado “chuveirinho”, tem que ser executado por quem tem habilidade em lançamentos, e não pelo “Duende”. Pelo menos nisso, o “Masca Chicletes” era expert.

Um bom conselho. Arrume logo esse quintal; faça logo a estréia do lateral contratado e deixe os meninos lá na frente, em paz.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009