Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Operação Macgyver
 

Presidente do Santos

Talvez Tom Cruise, de Missão Impossível, fique com ciúmes por ter escolhido o MacGyver nessa operação de alto risco. O difícil é saber qual a engenhoca que será utilizada por ele para se sair a contento desta empreitada.

Um ato de ousadia que merece dois enfoques. No primeiro momento seria uma atitude simples de caixa para suprir as dificuldades, ou melhor, tapar o buraco ou ainda, atender às necessidades financeiras de uma folha astronômica. Na contrapartida dessa decisão teria a obrigatoriedade de uma reposição imediata. A que custo? Tomemos por exemplo o caso do Deivid, no Flamengo. Portanto, partindo dessa premissa talvez valha a segunda hipótese a seguir.
Quanto à preservação e valorização do patrimônio, como de fato aconteceu, devemos atrelar a um trabalho de marketing interno para competir com o europeu. Operação das mais difíceis, tendo em vista o protecionismo e interesse do futebol europeu em preservar o seu próprio mercado, sobrepujando os demais na condição de prestigiar e valorizar as suas estrelas. Assunto que carece de observação sobre estas duas óticas.

Agora, ficamos nós apenas com as notícias que fluem pela mídia sem ter uma idéia concreta dos fatos. Terá sido tão simplória assim, de que Neymar está ficando para atender aos anseios do coração alvinegro sob a alegação de que dinheiro não é o problema, quando, na verdade, sabemos dos inúmeros fatores que se agregam nesta transação, que envolve vários interessados.

Risco e perigo existem sim! Analisar sob a ótica da praticidade é que me deixa encafifado do que há por detrás de toda essa negociação. Sob o meu ponto de vista, acredito ser a Seleção Brasileira o único veículo para sua projeção. Nos campeonatos e torneios brasileiros, ele já conseguiu angariar a antipatia da maioria dos árbitros, isto devido a parcialidade da própria mídia que lhe imputou o cognome de “cai cai “. Outro trabalho árduo da diretoria no intuito de desfazer tal imagem.

Bem! Deixemos as interrogações de lado. Um aprendizado pelo menos ficou por demais esclarecido, e que deverá ser olhado com muita atenção pelos dirigentes do nosso futebol. Acho que uma grande maioria deve ter se apercebido do quanto é necessário e importante no contexto do organograma de qualquer time: um departamento de marketing super eficiente. Isto quer dizer que, hoje em dia, a figura do marqueteiro passa a ser cargo privilegiado e de alta confiança.

Sei que deixei entrelinhas às minúcias desta tratativa, mas com certeza o leitor não terá dúvidas em decifrá-las.

Portanto, concluindo sob o tema alocado, e das dificuldades que encontrará, não será com um simples canivete que MacGyver se sairá desta.

Mas, o importante é que a sua permanência ficará para o deleite não só de nós santistas , como de todo futebol brasileiro. Apesar de tudo, parabéns ao presidente Luiz Álvaro pelo seu esforço, arrojo e perseverança ao introduzir o espírito empresarial em nossas hostes. Se assim for, posso até acreditar que Neymar permanecerá pelos próximos cinco anos acordados.

Ainda alfinetando no âmbito do futebol, não poderia deixar de criticar a falta de visão dos diretores de clubes quanto à elaboração da tabela dos campeonatos, haja vista o disparate de um jogo de MASSAS (oi, ela aí) entre Gaviões e Independentes, não ter a visibilidade em rede nacional pela tv aberta.

Quero parabenizar o Internacional pela conquista da Libertadores, que teve o privilégio de ser homenageado pelo nosso maior representante trajando o manto vermelho de sua majestade, o nosso Rei Pelé.

Abraços do Gigi

  Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009