Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   
Parque Infantil Morumbi
 

Neymar

 

Manifestação da mais pura ingenuidade demonstrou Neymar ao final da partida que decidiu o Campeonato Paulista 2012, driblando os reportes e todos aqueles que o queriam abraçar. Foram poucos minutos de uma brincadeira em que nós todos pudemos rever nossa infância.

Alegria incontestável, exposta por esse que nos dá tanta satisfação de não só fazer com que os velhos relembrem um passado feliz, mas, também, faz acreditar deste presente num futuro melhor.

Aqueles que viram Pelé ao vivo como eu e outros tantos, são ainda mais privilegiados.

Sem dúvida, Neymar começará atrair para os estádios torcedores de outros clubes, como o acontecido nesta final no Morumbi, reunindo mais de 52.000 “expectadores”.

Essa foi a tônica do passado, quando Pelé e Garrincha entusiasmavam a todos amantes do futebol arte.

Agradou de tal forma que os comandantes, tanto da Federação ,na pessoa de Marin, como os da Confederação, já comentavam sobre arrumar amistosos para a seleção aqui no Brasil.

E o mais importante, e que virá consagrá-lo, será o reconhecimento da tão invejada massa, esta que carrega vitoriosamente qualquer clube de futebol, hoje pertencente às duas maiores torcidas do Brasil: Flamengo e Corinthians.

Briguei e discuti por toda minha vida no intuito de fazer da Vila Belmiro uma Bombonera brasileira, mas nunca entendi o porquê não ter ido adiante.

Estamos distantes de São Paulo apenas 70 km,  o que equivale apenas 45 minutos de viagem, quando em parâmetros, no que dista o Morumbi da Zona Leste, leva-se mais de uma hora. Se hoje, com um trabalho de logística bem planejado e executado, Santos comportaria, incondicionalmente, um estádio com o dobro de sua capacidade, movimentando o turismo, comércio e, como consequência, gerando mais áreas de trabalho.

Vislumbro desta maneira porque sei, como atleta que fui, o quanto é importante jogar em seu próprio domínio.

Tivesse talvez o E.C.Corinthians Paulista feito da sua fazendinha um estádio com maior capacidade, com certeza, hoje, eu não estaria invejando apenas a sua massa, mas sim a grandeza do seu time.

Portanto, no meu estádio haveria também brincadeiras de pega-pega e esconde-esconde e não precisaria ir até o Morumbi.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009