Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Gigi

Carlos Alberto Mano Prieto - ( Gigi)

contato: carlosprieto@giginarede.com.br

   

Uma previsível Copa

   
previsão

Acho que não houve um entendido de futebol que não tenha feito tal prognóstico para esta Copa. Acredito que até mesmo alguns leigos no assunto também compactuam com a mesma idéia. Eu, pelo o que as seleções vinham se mostrando nas preparatórias e pelo baixíssimo nível técnico apresentado, acabei me manifestando numa crônica definindo-a como uma provável Copa Brucutu.

Falava-se, por todos os cantos, de que esta estaria nos pés daqueles que realmente poderiam fazer alguma diferença, caso de Messi (Argentina), Robinho e Kaká (Brasil), Cristiano Ronaldo (Portugal), Ronny (Inglaterra), Eto’o (Camarões), Drogba (Costa do Marfim) e após o seu início, as surpresas estão surgindo como Ozil (Alemanha), Geovanni (México), Pepe (Itália).

 

No mais, como previsto, uma copa de baixo nível técnico. Em função disso, poderemos ter muitas surpresas até o final.

Para se ter uma noção do desequilíbrio, o jogo inicial mostrou uma África do Sul dando um sufoco no México, e só não saiu vencedora por mero azar, concluindo-se daí que o México não iria a lugar nenhum. No entanto, nos jogos seguintes dessas duas seleções, a  África do Sul deu vexame perante o Uruguay sendo goleada por 4x1, e o México surpreendeu uma seleção de ponta, a França, vencendo por 2x0. Em outra chave, a Alemanha fazendo 4x0 na Austrália já despontava, à vista de muitos, como uma provável finalista... e na sua segunda partida deu vexame perdendo da Sérvia por 1x0.

Citei apenas estes dois casos, para confirmar o meu raciocínio e provar o quanto esá difícil fazer uma análise mais avançada. Aguardo os dois próximos jogos, do Brasil e da Holanda, para ter um juízo mais adequado.

Portanto, até agora só posso acreditar naqueles que foram de certa forma desacreditados, mas que, no entanto, estão fazendo o seu papel: nossos hermanos portenhos; e além, é claro, dela...A infiel majestade que está sendo o carrasco de muitos goleiros e dos pernas de pau, a JABULANI.

Por enquanto, a única coisa boa dessa Copa, de onde nos superamos pela imprevisibilidade de nossa seleção, é com certeza o nosso Hino Nacional, que este pelo menos está ganhando de 10x0 dos demais.

Abraços do Gigi

Clique aqui para visualizar todas as crônicas
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009