Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Renan Prates Futebol

Renan Prates

Jornalista formado pela Universidade Metodista. Foi Assessor de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública - Conseg; redator de esportes e Estilo de Vida do Terra Networks, e, atualmente, trabalha como redator e reporter esportivo do UOL - Universo Online

E-mail: renan_prates@hotmail.com

  O Corinthians merece, sim, os parabéns
 
Arquivos

Vovôs dominam...
Ano complicado...
Falei que o início...
Caso Palmeiras
Minha seleção
Cuidado torcedor
Favoritos da bola
Sou mais o Santos...
Caso Oscar
Santos e Palmeiras Santos x Palmeiras Timão x SPFC
Clubes investem... Ronaldo 2010
Messi e a Copa
Respeito ao Peixe
Flu e o patrocínio
Guerra na Vila
O tetra do SPFC
Parada da Copa
Hexa da seleção
Palmeiras na frente
Parabéns, Timão
Peixe se complica
Timão, na moral

 

Amado por muitos, e odiado por outros tantos, o Corinthians completou neste primeiro de setembro 100 anos de vida. E merece, sim, os parabéns, por que não?

O Corinthians é um clube necessário para todos: tanto para os que amam quanto para os que odeiam. Sem ele, o futebol ficaria mais chato. Quem os corintianos amariam? Quem os não-corintianos teriam inveja ou tirariam sarro?

Como todos sabem, não sou corintiano. Estou longe de amar o Corinthians, mas o respeito muito pela posição que ele tem na cultura do nosso futebol. Pode estar na série B, pode conquistar um título, esse time é abordado quase que da mesma forma.

Presenciei como jornalista um fato que me marcou até hoje. Um jogo após a sofrida eliminação na final da Copa do Brasil para o Sport, os corintianos lotaram o Pacaembu e cantaram o tempo inteiro incentivando o time contra o Brasiliense, num espetáculo de arrepiar.

Quais outros times grandes de São Paulo fariam o mesmo? É caso de se pensar.

E é um clube com esta envergadura que fez 100 anos. E é digno de nota o trabalho da diretoria comandada por Andrés Sanchez no período anterior a essa comemoração.

Ter no elenco jogadores do calibre de Ronaldo e Roberto Carlos, construir um CT e caminhar para tirar o tão sonhado estádio do papel não é para qualquer um.

Apesar de ser questionável como pessoa, é inegável o bem que fez para o Corinthians (e para o futebol) como presidente.

Enfim, que venham mais 100 anos de Corinthians, como Corinthians. Esse time do povo, que gosta de ganhar sofrendo, amado e odiado da mesma forma, enfim, um time incomum. E que continue sem ganhar a Libertadores. Senão vocês, corintianos, vão ficar insuportáveis.

Renan Prates

www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009