Lista dos clubes amadores da Baixada Santista
 
 
Santos é tri da Libertadores  
Duelo entre Neymar e Messi  
Muricy mereceu o título  
Neymar faz história na Vila  
Neymar e Ganso até 2015  
Ver todas as notícias  
 
Renan Prates Renan Prates
Timão, na moral
 
Pepe

José Macia Pepe
Bombas de alegria

 

 
Ednilson Valia Ednilson Valia
Amor corintiano
 

Gustavo Grohmann

Gustavo Grohmann
Messi na Copa
 
global Coluna do Leitor
Homenagem ao Pelé
 
     
 
 
Ver todos os colaboradores
  Renan Prates Futebol

Renan Prates

Jornalista formado pela Universidade Metodista. Foi Assessor de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública - Conseg; redator de esportes e Estilo de Vida do Terra Networks, e, atualmente, trabalha como redator e reporter esportivo do UOL - Universo Online

E-mail: renan_prates@hotmail.com

  Vovôs dominam o mercado da bola em 2010
 
Arquivos

Vovôs dominam...
Ano complicado...
Falei que o início...
Caso Palmeiras
Minha seleção
Cuidado torcedor
Favoritos da bola
Sou mais o Santos...
Caso Oscar
Santos e Palmeiras Santos x Palmeiras Timão x SPFC
Clubes investem... Ronaldo 2010
Messi e a Copa
Respeito ao Peixe
Flu e o patrocínio
Guerra na Vila
O tetra do SPFC
Parada da Copa
Hexa da seleção
Palmeiras na frente
Parabéns, Timão
Peixe se complica
Timão, na moral

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caros amigos,

Como foram de ano novo?, espero que bem. Bom, enquanto a nova temporada não se inicia, os clubes já se movimentam para formar as equipes que desfilarão nos gramados deste país em 2010.

Como trabalho no meio esportivo, com ênfase para o futebol, me sinto a vontade para poder analisar o Mercado da Bola 2010. Penso que, no geral, uma tendência dá para ser notada: os clubes apostam suas fichas em jogadores veteranos, popularmente chamados de "vovôs", talvez um reflexo de que as revelações ainda não se consolidaram no futebol brasileiro, ou até de que os times formadores estão conseguindo manter as suas "jóias raras".

Um bom exemplo da teoria dos "vovôs" é o Corinthians. A maioria dos reforços contratados pelo time tem mais de 30 anos. O principal deles é o lateral-esquerdo Roberto Carlos, que foi apresentado inclusive com pompa de craque. Ele realmente é um jogador diferenciado, mas terá que provar isto dentro de campo, pois chega sob desconfiança do torcedor brasileiro, que ainda se lembra da ajeitada de meia na derrota contra a França na última Copa do Mundo.

O Santos é outro que deve apostar as suas fichas em um veterano. Com pouco dinheiro em caixa para as contratações, o clube se animou com a vontade do meia Giovanni em voltar a vestir a camisa 10 do time e, inspirado no modelo Petkovic, acredita que esta parceria possa dar certo. Para mim, é o mesmo exemplo do Roberto Carlos. Bola, ele tem (e muita). Resta saber se a condição física o deixará realizar um jogo acima da média.

O São Paulo apresentou um "pacotão" de reforços que, ao menos na teoria, ainda não convenceu o seu torcedor de que chegam para somar. Dos que vieram, eu particularmente gosto do Marcelinho Paraíba, pois é um jogador que desequilibra. O resto, endosso o coro dos desconfiados. Eles terão que mostrar no campo que todos nós estávamos enganados.

Já o Palmeiras até agora pouco se mexeu. Trouxe o volante Márcio Araújo (quem?) e o zagueiro Léo (bom jogador). Mas ainda é muito pouco para quem quer em 2010 enterrar de vez o fiasco que foi o final da temporada passada. Isto somado ainda ao problema de Vagner Love (que já disse diversas vezes que não quer mais jogar lá) é um sinal claro que o time alviverde iniciará 2010 pior do que terminou 2009.

Fale com o colunista: renan_prates@hotmail.com


 
www.giginarede.com.br - Todos os direitos reservados © 2009